Leila Diniz


 
 

E nós aonde vamos?

 

Vamos por aí sorrir, cantar,

Escrachar nossas dores...

Dar voltas na praia, engravidar...

Usar bikinis de flores

Esculachar nossos amores...

Andar, ousar amar em cores...

 

E nós aonde vamos?

 

Vamos por aí procurar, querer sonhar...

Tentar esquecer o quadro negro da história

Escrever no azul do céu anil,

O que se guardou na memória..

Na maré mansa do mar revolto...

Amizade colorida que atiça...

Brincar na areia movediça do agora...

 

E nós aonde vamos?

 

Curar as feridas, vamos por aí relembrar,

Talvez acordar para reverenciar a irreverência sutil,

 no azul do céu anil, recordar a censura,

escrever nesses versos tristes do hoje...

Aquela frescura de época: o DOPS... a censura.

Mas que loucura! Pobres criaturas...

Como diz Leila Diniz, homem tem que ser durão...

 

E nós aonde vamos?

 

Vamos vivendo amordaçados, comparando àquela

época, querendo ser ela, recordando esse atual quase igual...

Vamos despertar e amar, amar à liberdade.

 Vamos mudar, avançar, correr e amar, amar!

Queremos Paz!

 

31/10/2008

O envio que chega rapidinho !!!

| Home Voltar |
|
Fale comigo |
Adicione este site aos seus Favoritos

Desde 10.10.2007,
você é o visitante nº


Direitos autorais registrados®
Direitos autorais protegidos pela Lei 9.610 de 19.02.1998.