Ai, ai, ai

To dodói, ó meu herói

Não posso me conectar

e só penso em te abraçar

te querer, te amar...

 

Ai, ai, ai

Sem despedida, sem abraços,

Eu não quero mais. Sou nuvem perdida,

to demais...

quero voltar e te amar, amar..

Como dói ó meu herói, me socorre

to despida, to dodói, não vou te deixar..

Eu te quero prá sempre e nada mais...

 

Ai, ai, ai

Esse tempo que corrói, que avança e não constrói

É o Brasil bem brasileiro, é atual e só destroi..

Por favor diga-me algo: onde estás ó meu amor...

Ando, ando, e não te vejo e te quero com desejo!

 

Ai, ai, ai

To dodoi e nada mais, não gostei nos aí, ai, aiás,

To triste e nada digo, meu amor não me castiga..

Tu me almejas

Tu és luz

Eu, benfajeza

Tu somente tu, és meu herói

Não quero sacrilégios para minha cruz

Ando, ando estou sem luz

É o Brasil bem brasileiro que me conduz..

Mas quero ir por aí, te encontrar

Ando, ando, eu te amo meu amor.

Tõ dodói ó meu herói!

 


 

22/08/2008
 

O envio que chega rapidinho !!!

| Home Voltar |
|
Fale comigo |
Adicione este site aos seus Favoritos

Desde 10.10.2007,
você é o visitante nº


Direitos autorais registrados®
Direitos autorais protegidos pela Lei 9.610 de 19.02.1998.