Sou o pranto solitário,

a andante sem rumo,
a estrela sem guia,

o frasco sem perfume...


Sou o sono sem sonho, o

 espelho sem imagem,

a noite sem brilho...

 

Sem você sou o pecado,

o olhar sem luz,

o cumprimento sem o abraço,

o vaso sem flor,

a letra sem melodia,

a mulher sem amor...


Sem você sou o fracasso,

a lágrima fingida,

o beijo guardado,

sou o cansaço da vida...
 

Sem você sou o comodismo atroz,

a fera ferida,

a serpente algoz,

a desiludida...
 

Sem você meu amor...

eu não sou ninguém!


 


28/07/2008

 

O envio que chega rapidinho !!!

| Home Voltar |
|
Fale comigo |
Adicione este site aos seus Favoritos

Desde 10.10.2007,
você é o visitante nº


Direitos autorais registrados®
Direitos autorais protegidos pela Lei 9.610 de 19.02.1998.